BAGÉ WEATHER
Luto

Políticos repercutem morte de David Coimbra

Foto: Arthur Lessa/Especial FS
Jornalista lutava há nove anos contra um câncer

Um dos colunistas mais amado e odiado no meio político, David Coimbra, morreu ontem aos 60 anos. O escritor, radialista e colunista de Zero Hora, lutava há nove anos contra um câncer. Eclético, o profissional escrevia sobre qualquer assunto e versava muito sobre política. Não raras às vezes suscitava a ira de bolsonaristas e lulistas. David escreveu muito sobre o mundo da política e contava fatos sobre entrevista célebres que fez com personagens desse meio, como Leonel Brizola e o próprio Lula. Ele tinha todo um jeito peculiar de escrever, um estilo único que agora deixa o jornalismo órfão de profissionais desse quilate.

Ampla maioria dos políticos que se manifestaram sobre a perda, enalteceram a escrita do jornalista. " David fez parte do dia a dia dos gaúchos e seu legado seguirá fazendo. Que Deus conforte a todos neste momento tão difícil. Obrigado pelas palavras cotidianas que alegraram nossos dias", escreveu o governador, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB).

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB), também se manifestou. "Fica uma grande lacuna no jornalismo e na literatura brasileira", falou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Valdeci de Oliveira (PT), falou sobre o legado de David no jornalista e na literatura inspire o caminho de muitos outros profissionais da comunicação do Rio Grande do Sul e no Brasil.

O deputado federal Afonso Hamm (PP), classificou o jornalista como um profissional brilhante. " Através dos seus textos, trazia reflexões e emoções aos leitores".

Os pré-candidatos a governador, Luiz Carlos Heinze (PP), Edegar Pretto (PT), Veira da Cunha (PDT) e Gabriel Souza (MDB) também se manifestaram sobre a perda do profissional. " Minha solidariedade aos amigos e a família do jornalista David Coimbra. Entre tantas vezes que fui entrevistado por ele, David sempre lembrava com carinho e dizia que admirava meu pai. Que ele possa descansar em paz, sabendo que deixa um importante legado ao jornalismo gaúcho", escreveu Edegar Pretto.

O vice-presidente e pré-candidato a senador, Hamilton Mourão (Republicanos), disse que, David foi um jornalista completo atuando com primor na divulgação de notícias e de histórias da vida.

Ex-colega do jornalista, a pré-candidata a senadora (PSD), Ana Amélia Lemos se manifestou dizendo que, " David foi um mestre com as palavras, dono de um talento incrível. Perdemos um ícone do jornalismo gaúcho".

Também ex-colega do jornalista, o senador Lasier Martins (Podemos falou que, o Rio Grande do Sul perde um de seus mais talentosos jornalistas, David Coimbra. "Estudioso, compenetrado, muito culto, simples mas muito perspicaz em tudo que observava e interpretava. A penúltima página de Zero Hora perde um brilhante cronista. E esse gênero do jornalismo fica mais pobre".


Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br