BAGÉ WEATHER
Júri

Tio e sobrinho são absolvidos de tentativa de homicídio

Foto: Luciano Madeira
Ambos negaram envolvimento no caso

Foram absolvidos, ontem, os réus Alisson Yan Machado Ritta, 25 anos, e Carlos Alexander Borges de Ritta, 36. Ambos, tio e sobrinho, eram acusados de tentarem matar Alberto dos Santos Modernel. O fato aconteceu no da 11 de outubro de 2014, na rua 741, no bairro Prado Velho.

Modernel prestou depoimento online porque está preso no Presídio Estadual de Caçapava do Sul. Ele disse que naquela noite estava voltando para casa de bicicleta e que na frente dele iam dois e quando estava chegando em casa, esses homens efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele. "Eu saí correndo e quando estava pulando o muro da minha casa, um dos tiros me acertou na região da coluna", falou. Ao ser questionado pela juíza porque os homens queriam matá-lo, Modernel respondeu que não sabe, mas que já tinha escutado comentários no bairro que os dois réus queriam assassiná-lo.

O primeiro a réu a depor foi Carlos Alexander Borges Ritta. Ele negou envolvimento na tentativa de homicídio. Alegou que naquela noite estava em casa jantando com a família quando ouviu tiros. "Eu coloquei os meus filhos que estavam brincando na rua para dentro de casa e fechei a porta. Não tinha como ser eu", sustentou.

E acrescentou que não poderia ter sido ele e Alisson porque este, segundo ele, estava em casa com o pé imobilizado.

Alisson Yan Machado Ritta falou que na noite que aconteceu a tentativa de homicídio ele estava em casa com o pé imobilizado porque tinha sofrido um acidente de moto. "Eu nunca tive nada contra a vítima", afirmou o réu.


Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br