BAGÉ WEATHER
IPTU

Prefeito em exercício garante que não haverá aumento de valor

Foto: Divulgação
Gestor enfatizou que haverá uma correção nos valores dos imóveis

O projeto que muda a forma de cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) foi aprovado na noite dessa terça-feira, na Câmara de Vereadores. Antes mesmo de o projeto ser protocolado na Casa, o governo municipal iniciou uma série de reuniões com diferentes segmentos para apresentar a matéria e acatar sugestões. Depois disso, foi realizada uma audiência pública na Câmara de Vereadores.

Um dia depois da aprovação, o prefeito em exercício, Mário Mena Kalil, falou sobre a aprovação da matéria. " O Executivo avalia de forma positiva a aprovação do projeto de lei da Justiça Tributária, visto que a proposta prevê que cada um pague o IPTU de forma justa e compatível com o tamanho e o local de seu imóvel, além de beneficiar 55% dos imóveis da cidade com redução de IPTU, sendo que, destes, mais de 10 mil serão isentos deste tributo. Uma correção que não era feita desde 1966", pontuou o gestor.

O vice-prefeito informou que equipes técnicas do Executivo devem se reunir já nos próximos dias para definir os próximos passos, a partir da sanção da lei.

Mário Mena Kalil assegurou que o projeto não prevê aumento de IPTU e sim uma correção nos valores de imóveis que estão desatualizados. "O projeto, que foi amplamente discutido com entidades de classe e comunidade em geral, garante que não haverá reajuste de IPTU para o próximo ano e também reduz as alíquotas. A exemplo de outros municípios, Bagé agora também faz o movimento da implantação da planta genérica de valores", acentuou.


Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br