BAGÉ WEATHER
Economia

Mais de 16,7 mil bageenses 'sujaram' o nome até novembro

Foto: Niela Bittencourt
Reabilitações de crédito também registraram aumento

A menos de um mês do fim do ano, Bagé registrou novo aumento no índice de inadimplência. Vale destacar que em agosto, setembro e outubro isso já havia sido apontado pelos números repassados à reportagem pelo Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCOC Bagé). De acordo com o diretor do SCPC Bagé, Francisco de Paula Maciel Pinto, enquanto no mês de novembro do ano passado, 1 081 consumidores tiveram seus CPFs registrados no Serviço Central, no mesmo período de 2021 um total de 1 483 consumidores foram negativados, ou seja, 402 a mais.

Por outro lado, ao comparar os números de novembro com o mês de outubro, houve variação: é possível afirmar que houve uma leve queda no índice, já que no mês passado foram registrados 169 consumidores a menos que no anterior, quando 1 652 cidadãos foram negativados.

Houve, ainda, aumento no índice de recuperação de crédito: de 1 218 em novembro de 2020 para 1 332 no mesmo período deste ano. O montante também é superior ao registrado em outubro, quando 1 307 bageenses conseguiram "limpar" o nome. Vale destacar que um total de 34 238 cidadãos procuraram informações sobre a situação no SCPC em novembro deste ano; em 2020 esse montante foi de 22 320.

Ainda de acordo com o SCPC Bagé, no acumulado do ano já são 16 710 consumidores negativados, 1 829 a mais que nos 11 primeiros meses do ano de 2020, quando 14 881 haviam perdido o crédito na praça. No que diz respeito às reabilitações de crédito, quando os números dos 11 primeiros meses deste ano ficam lado a lado com o mesmo período de 2020, é possível afirmar que houve queda. No acumulado, considerando de janeiro a novembro, houve uma diminuição no índice de reabilitações: um total de 12 357 consumidores conseguiram recuperar o crédito em 2020, enquanto no período deste ano esse montante foi de 11 902, uma diferença de 455 consumidores.

Em números

Um total de 16 710 consumidores foram negativados de janeiro a novembro;

Um montante de 11 902 cidadãos "limparam" o nome nos 11 primeiros meses do ano;

Só em novembro, 34 238 bageenses buscaram informações sobre sua situação no SCPC;

Só em novembro, foram 1 483 novos registros.


Endividamento recorde

O endividamento das famílias brasileiras atingiu o maior patamar dos últimos 12 anos, de acordo com dados de uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Os dados, porém, ainda são referentes ao mês de outubro. Segundo informações do Banco Central, a taxa de inadimplência das famílias com recursos livres atingiu a marca de 4,28% em outubro após elevação de 0,03 pontos percentuais em relação ao nível verificado no mês anterior.


Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br