BAGÉ WEATHER
Obra

Máquinas permanecem no início da RSC-473

Foto: Divulgação/FS
Início da pavimentação foi autorizado em setembro

Um dos temas de maior interesse de moradores de toda a região é o asfaltamento da RSC-473, a famosa Bagé-Lavras do Sul. Há anos a população aguarda o asfaltamento da via. Há pouco tempo foi assinada a ordem de início da obra, entretanto, as máquinas permanecem no começo do empreendimento.

A reportagem do jornal Folha do Sul entrou em contato com a assessoria do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), que o responsável por executar a obra. Contudo, até o fechamento desta edição, não obteve resposta.

Mesmo assim, que passa no local percebe que o maquinário ainda está no início do trecho que deve receber asfalto. Também vale destacar que o clima instável é um fator que atrapalha o andamento de qualquer obra.

A rodovia estadual é o caminho mais curto entre as cidades de Bagé e Lavras do Sul. Ônibus, carros e caminhões que escoam a produção da região e passam pela RSC-473 enfrentam 80 quilômetros de estrada de chão, enquanto pela BR-153, que é asfaltada, o percurso aumenta para 200 quilômetros.

No dia 9 de junho deste ano, o governador Eduardo Leite anunciou que a RSC-473 estava na lista de obras prioritárias do Estado. Na época, o governador afirmou que seriam destinados R$ 35,3 milhões para o trecho entre Bagé e Torquato Severo.

A autorização para o início da pavimentação só foi assinada no dia 2 de setembro, ocasião em que o governador visitou a cidade. "O nosso governo não vai para as estradas para inaugurar estacas e placas. A gente vem para colocar a obra para funcionar. Hoje mesmo essa importante obra estará em execução, porque fizemos as reformas necessárias no Estado, equilibrarmos as contas e garantimos o dinheiro para que ela não pare mais", afirmou o governador durante o ato de assinatura.

Contemplada pelo Plano de Obras, que prevê investimento de R$ 1,3 bilhão até o fim da gestão - um dos maiores da história do Rio Grande do Sul na área da mobilidade -, a pavimentação de 22,7 quilômetros da RSC-473 deverá ser Contemplada pelo Plano de Obras, que prevê investimento de R$ 1,3 bilhão até o fim da gestão - um dos maiores da história do Rio Grande do Sul na área da mobilidade -, a pavimentação de 22,7 quilômetros da RSC-473 deverá ser concluída até o fim de 2022.

No total, o plano inclui a conclusão de 28 acessos municipais e 20 ligações regionais, além da elaboração de 39 projetos executivos, do pagamento de 33 convênios em vigor em diferentes cidades do Estado e da recuperação e conservação de rodovias.

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br