BAGÉ WEATHER
Marco

Bageense é a sétima mulher brasileira a conquistar o Everest

Foto: Reprodução/Instagram
Casal conseguiu a façanha na montanha mais alta do mundo

Ludmila Ianzer Jardim Lucas, de 34 anos chegou ao cume do Everest no final de semana passada. A bajeense - formada em Administração de Empresas é a sétima mulher brasileira a atingir a montanha mais alta do mundo. Junto com ela nessa aventura está o marido, Gabriel Franz Bassanesi. O casal alpinista conseguiu a façanha acompanhados dos brasileiros, Joel Kriger e Gabriel Gabriel Tarso .

De acordo com informações do site Gooutside, Kriger, de 68 anos, foi o primeiro a alcançar o topo do planeta Terra às 3h40 (Nepal) e se tornou o brasileiro mais velho a chegar lá. "Parabéns por esse feito e toda a lição de vida que você traz. Agora é focar na descida para contar mais essa história para a sua família, amigos e fãs", anunciou o post feito pela equipe de Kriger.

Depois chegou o casal Ludmila Lucas e Gabriel Bassanesi e a notícia foi comemorada pela grande alpinista brasileira Aretha Duarte, nas redes sociais.

"É CUMEEE da sétima mulher do Brasil!!! Estou muito feliz pela chegada da?@ludporai?ao topo do Everest nesta madrugada!!! Eu a conheço de perto desde que escalamos o Aconcagua, quando ela tinha recém casado com?@gbassanesi?com quem também seguiu viajando e se preparando para os grandes desafios em montanha", escreveu Aretha na legenda da publicação.

Entrevista ao Folha do Sul

Na edição do dia 18 de março, a reportagem do Folha do Sul conversou com Ludmila. O casal estava nos preparativos para maior desafios de suas vidas. A bajeense mora na Itália. Ela contou que em 2004 decidiu morar em Porto Alegre, depois foi para São Paulo e Portugal. "Aí decidi largar tudo, viajar pelo mundo e ser nômade. Mas por causa da pandemia da covid e com as fronteiras fechadas, fui para Itália", disse.

A bageense lembrou que desde 2018 ela e o marido começaram a escalar montanhas. Tudo começou quando o casal foi para o Japão, de férias, e decidiu escalar o Monte Fuji. Ele comentou que foram de calça jeans, sem bastões, casacos de frio e luvas. "Sofremos um pouco com o frio, mas amamos a experiência. O Monte Fuji tem 3 776 metros", contou.

Depois dessa aventura, os dois realizaram um curso de escalada em rochas e começaram a fazer algumas trilhas no Brasil. A bageense recordou que uma vez o casal estava na Rússia, escalando o monte Elbrus, quando teve uma tempestade de raios e tiveram que desistir.

Em janeiro deste ano, o casal chegou ao topo do Monte Aconcágua, na Argentina, que tem quase sete mil metros de altura.

Ontem a reportagem tentou contato, mas como agora é a descida do Everest não obteve retorno.

Monte Everest

O Monte Everest foi escalado 10.657 vezes desde que os primeiros alpinistas chegaram a seu topo, em 1953, tanto do lado nepalês quanto do tibetano. Está localizado no continente asiático, na Cordilheira do Himalaia, entre o Nepal e a China. Com um formato espiral, o Monte Everest possui cerca de 8.848 metros de altitude.


 

Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br