BAGÉ WEATHER
Patrimônio

Analista de Bagé completa cinco anos em estado deplorável

Foto: Márcia Sousa

Há cinco anos, era inaugurado, na praça da Estação, o consultório do Analista de Bagé - um conjunto de três estátuas com os personagens de Luís Fernando Veríssimo: o Analista - um homem grande e forte, com um olhar que repreende quem se senta no divã -, Lindaura, que oferece o chimarrão, e, mais afastado, o próprio Veríssimo (em tamanho real), a observar os demais. As esculturas foram assinadas pelo artista plástico Sérgio Coirolo e a inauguração contou com a presença de Veríssimo.

No dia 23 de novembro de 2016, Veríssimo foi o personagem de uma das mais belas imagens já registradas pela equipe do Folha do Sul. Com um misto de carinho e curiosidade, ele olha para sua própria imagem em concreto e leva a mão esquerda até a face direita da escultura. De lá para cá, muito aconteceu: as estruturas sofreram com as intempéries e foram alvo de depredação. Nos primeiros meses da pandemia de coronavírus - algo inimaginável pela maioria da população, há cinco anos -, "ganharam" até máscaras de proteção.

Mas é, de fato, a condição do conjunto de estruturas que, atualmente, mais chama atenção. O Analista "perdeu" o bigode, o nariz e a boca. Até mesmo a sobrancelha está "desfalcada". Lindaura apresenta alguns buracos pelo corpo, inclusive na testa e na boca. A mão esquerda do Analista representa até perigo: já não está lá, apenas a base de ferro. A reportagem tentou contato, por telefone, com a Secretária de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, porém, até o fechamento da edição de ontem, não obteve êxito.

Vale mencionar que, em 2017, as estruturas foram recuperadas porra Coirolo, e, em 2018, o município chegou a afirmar que considerava retirar o "consultório" do local. Quando recuperadas, há três anos, o próprio artista afirmou que nem mesmo as intervenções impediriam novos ataques aos personagens. O irônico é que, quando Veríssimo inaugurou as esculturas, elogiou Bagé e seu povo, e afirmou que o Analista era uma homenagem para a cidade que considera a mais gaúcha do Estado. Foi o personagem, o Analista de Bagé, que fez a Rainha da Fronteira ser bastante conhecida em todo o país.

10.1.1 Escultura perdeu a boca e o nariz, além da mão

CRÉDITO Márcia Sousa

10.1.2 Veríssimo, durante inauguração, olha para sua própria imagem

CRÉDITO Arquivo/FS


ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br