BAGÉ WEATHER
Social

Uma marca indelével

Foto: Divulgação
Marlene encantou pelo sorriso e a humildade

Tem pessoas que por onde passam deixas marcas especiais que jamais serão esquecidas. Serão lembradas sempre pela humildade e gestos de generosidade. Foi dessa forma que muito amigos se manifestaram pela morte de Marlene Coradini, um dia depois do Natal. Um amigo a descreveu como uma mulher humilde que gostava da vida. Com 80 anos, era uma mulher que gostava de viajar. Esse mesmo amigo contou que Marlene tinha diversos grupos de viagens mundo a fora. "Uma pessoas simples e muito amável com todos", contou. Sao marcas que jamais serão apagadas da memória de quem com ela conviveu e dos que a conheceram.

A luz brilhou

Diferente do ano passado, este Natal foi de mais proximidade entre as famílias, de confraternização à mesa, já que com a vacinação, a pandemia embora presente arrefeceu um pouco. A aura desse período especial que fora ofuscada em 2020, desta vez brilhou mais. Foi de reencontro e do calor dos abraços, trocas de presentes e em muitos lares de oração. Aos poucos a vida está retornando aos eixos, tendo em vista de que os cuidados jamais devem ser deixados de lado, porque o mundo ainda vive sob o jugo da covid-19.

 

Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br