BAGÉ WEATHER
Talento

Jovem de 16 anos lança seu primeiro livro

Foto: Niela Bittencourt
Sessão de autógrafos mobilizou autor e público

A primeira edição do Festival Literário Cultural terminou no domingo, mas ficará na memória do jovem Renan Milano Carvalho, de 16 anos. Isso porque ele lançou seu primeiro livro: Jaiden McBurton e a joia do sultão.

"Jaiden MC Burton era um homem sério e cansado. Um dia a oportunidade bateu em sua porta, na forma de se velho amigo Abdul, que buscava seus serviços para encontrar quatro partes de uma linda joia do Sultão Otomano. Juntos com o jovem e entusiasmado Wiliam Montgomery, eles devem cruzar os Balcãs e o Oriente Médio em uma aventura pelas principais cidades da região, enfrentando criminosos em seu caminho. Todos em busca do mesmo objetivo: A valiosa joia", apresenta o resumo da obra.

À reportagem, momentos antes do lançamento, mas já em meio a alguns autógrafos, distribuídos a colegas e amigos, Renan revelou que estava com uma expectativa muito alta. Ele escreveu a obra (e outras também) durante a pandemia e, quando questionado sobre o sentimento de lançá-la, revelou: "É como finalmente poder desengasgar, poder tirar do bolso tudo o que eu tenho para mostrar".

E o jovem garantiu que já pensa na publicação da continuação do livro. Inclusive, mencionou que este ficou pronto especialmente para o lançamento na Feira do Livro. A obra foi publicada pela Livraria e Editora Bageense, a Leb, com ilustrações e criação da capa assinadas por Bruno Munhoz.

A coordenação geral é de Richarles Nogueira e a diagramação e editoração de Marc Alexander Marcos. Vale mencionar que Jaiden McBurton e a joia do sultão está à venda na Leb Livraria e Cafeteria por R$ 25. É possível acompanhar o trabalho do jovem escritor por meio de uma página no Facebook (Renan M. Carvalho).

Sobre acompanhar o lançamento e toda a receptividade, o pai de Renan, Itiberé Carvalho, de 66 anos, garantiu: "É muito gratificante". Destacou que a família sempre se esforçou pela educação do menino e que todos estavam muito felizes. "Ele tem esse dom da escrita desde pequeno", revelou.

Carvalho mencionou, por outro lado, que, para a publicação do livro do filho, sentiu que faltou apoio em Bagé, por parte daqueles que poderiam patrocinar a obra, como empresas. "Não prestigiam a cultura", opinou.

Questionado sobre o que pensou e falou para Renan após ter lido Jaiden McBurton e a joia do sultão, Carvalho enfatizou: "Eu disse: É melhor que o primeiro". Acontece que, apesar de ser a estreia como autor publicado, este não foi o primeiro livro escrito por Renan. O comentário crítico busca justamente incentivar o jovem, o que, revelou a Carvalho, a mãe do menino, Cleonice, também faz, sempre o acompanhando em tudo.

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br