BAGÉ WEATHER
Dom Pedrito

Abertas inscrições para a Oficina de Cinema Popular

Foto: Divulgação FS

O Instituto Estadual de Cinema abriu inscrições gratuitas para uma oficina do projeto de capacitação profissional Revelando o Rio Grande. A oficina Cinema Popular (para jovens em situação de vulnerabilidade) será ministrada pela cineasta Adriana Gonçalves. Interessados em participar podem se matricular até o dia 2 de abril no link https://bit.ly/35ePMaM.

O curso será realizado de forma presencial, de 4 a 8 de abril (de segunda a sexta-feira), das 13h às 19h30min, no Salão da Sedectur, em Dom Pedrito (avenida Rio Branco, 926), integrando as comemorações alusivas aos 150 anos da cidade.

A atividade conta com o apoio da Prefeitura de Dom Pedrito e do Sistema Estadual de Cultura - órgão da Secretaria de Estado da Cultura. Nos encontros, segundo a divulgação, serão apresentados os fundamentos para atuação cinematográfica, tendo como público-alvo iniciantes e amadores acima de 16 anos, atraídos pelas oportunidades que o mercado audiovisual oferece. "Pretende, ainda, inserir jovens em situac?a?o de vulnerabilidade social em uma prática que contribua para sua formac?a?o e qualificac?a?o profissional", desta a divulgação.

 "Adriana Gonçalves traz o cinema de base comunitária, que busca inventar com as diferenças, recriar a partir das distintas realidades que o território apresenta. Com fundamentos de alfabetização audiovisual, essa oficina busca formar novos olhares com base em um cinema democrático e popular", informa o bageense Zeca Brito, diretor do Instituto estadual de Cinema.


Programação

- Elementos da linguagem audiovisual

- Breve histo?rico sobre o surgimento do cinema

- Pra?ticas pedago?gicas atrave?s de exerci?cios de filmagem, que transversalmente observam imagem e som

 - Contato da comunidade local com a cultura artística, por meio da produc?a?o audiovisual

- Exercícios práticos

- Atividade cineclubista

- Exibição de filmes para análise


Ministrante

Adriana é bacharel em Comunicação Social, mestre em Patrimônio Cultural e diretora cinematográfica, atuando na produção audiovisual há 22 anos. Sua trajeto?ria inclui direc?a?o e roteiro de dois longas-metragens e 15 curtas.

Oficineira na a?rea audiovisual desde 2014, com formac?a?o em Cinema, Educac?a?o e Direitos Humanos na Universidade Federal Fluminense, atua com formac?a?o de professores e alunos de escolas pu?blicas.

Atualmente, coordena o ponto de cultura Pampa Sem Fronteiras, espac?o de fomento a? cultura audiovisual, valorizac?a?o e difusa?o da produc?a?o e identidade cultural pampeana na fronteira do Brasil com Uruguai.

A profissional esta? a? frente do Empreendimento de Economia Criativa Colaborativa Sem Fronteiras de Produc?a?o Audiovisual, em Bage? e regia?o.

Imagens

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial.

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br