BAGÉ WEATHER
Saúde

Saúde quer parceria com Exército na vacinação contra a gripe

Foto: Audrin Quadros/Especial FS
Intervalo entre vacinas contra a influenza e gripe deve ser de 15 dias

A vacinação contra gripe começa na segunda-feira em todo o Estado. A expectativa é imunizar cerca de cinco milhões de gaúchos. O Rio Grande do Sul deve receber, ainda nesta semana, quase 370 mil doses para a primeira fase da campanha. É importante ficar atento aos grupos prioritários e à ordem de vacinação: na primeira etapa serão imunizadas as crianças acima dos 6 meses e com menos de seis anos, além de gestantes e mulheres que deram à luz em até seis semanas, as puérperas e também trabalhadores de Saúde e indígenas. Só neste grupo, são quase 1,3 milhão de pessoas. Para esses gaúchos, a campanha se estende do dia 12 de abril a 10 de maio.

O coordenador da Vigilância em Saúde, Geraldo Gomes, falou sobre como está sendo pensada a logística para a imunização contra a gripe em meio à pandemia de coronavírus e, é claro, a vacinação contra a covid-19. Ele destacou que a ideia é firmar uma parceria com o Exército. Isso porque o município quer disponibilizar mais dois pontos para vacinar a população contra a gripe, além das unidades de Saúde. Assim, a equipe de vacinação do Exército seria estratégica.

A intenção é que esses dois pontos sejam na Escola São Pedro e no Estádio do Bagé, o que ainda não foi definido. Em síntese, Gomes esclareceu que tudo é para evitar aglomerações e tornar todo o processo mais rápido. Porém, ele lembrou que a vacinação contra gripe é mais rápida e mais fácil, porque não é necessário o preenchimento de tabelas com informações específicas, o que demanda tempo no atendimento a cada um daqueles que serão imunizados.

Na fase seguinte de imunização contra a gripe, que se estende de 11 de maio a 8 de junho, será a vez de idosos a partir de 60 anos e professores, que totalizam quase 2, 3 milhões de pessoas no Rio Grande do Sul. E é importante um alerta: conforme Gomes, aqueles que se vacinaram contra covid-19 devem respeitar o intervalo de 15 dias para, então, receberem a imunização contra a gripe.

A terceira fase será de 9 de junho a 9 de julho, e dessa vez serão imunizadas pessoas com comorbidades e com deficiência permanente, os caminhoneiros, os trabalhadores do transporte coletivo, os trabalhadores portuários, as forças de segurança e salvamento, integrantes das forças armadas, a população carcerária e os funcionários do sistema prisional, totalizando mais de 1,4 milhões de gaúchos.

Imunização contra a covid-19

A espera, agora, é pela chegada das doses da vacina contra a gripe. Também há expectativa, porém, pela chegada de novas doses dos imunizantes contra covid-19. A previsão é de que um montante seja remetido para a Rainha da Fronteira até esta sexta-feira. Só assim, será possível estender a vacinação para idosos de 63 anos, por exemplo.

Nessa quarta-feira, ocorreu a distribuição de doses para idosos com 64 anos (foram 771 vacinados) e também de segundas doses para os profissionais de Segurança Púnlica (um total de 360) completarem a imunização contra covid-19. Nesta quinta-feira, aqueles idosos que precisam receber segundas doses podem procurar os postos de saúde.


Imagens

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

+55 (53) 3242-1020 | R Ismael Soares 263 -
Centro | CEP: 96400-390 | BAGÉ | RS | BRASIL

jornalfolhadosul@jornalfolhadosul.com.br